Menu Content/Inhalt
Início arrow Sobre Mim
Actualizado a:

3 de Julho de 2018
         eXTReMe Tracker
Sobre Mim PDF  | Imprimir |  E-mail
Eugénio Costa Almeida
.
        

1.     EUGÉNIO LUÍS DA COSTA ALMEIDA, natural do Lobito, Angola, onde nasci em 4 de Novembro de 1956; com dupla nacionalidade angolana e portuguesa (na realidade tenho 4 nacionalidades, embora seja um cidadão do espaço global mundial: angolana, portuguesa, africana e lusófona).

 

2.     Academicamente, possuo Licenciatura (concluída na Universidade Lusíada de Lisboa, em 1991) e Mestrado (obtido no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade Técnica de Lisboa, em fevereiro de 2001), em Relações Internacionais, e, desde Novembro de 2010, Doutorado em Ciências Sociais, na especialidade de Relações Internacionais (no ISCSP-UTL):

 

 

·          O Doutoramento teve como dissertação "A União Africana e a emergência de Estados-Directores no Continente Africano: O Caso de Angola", sob a orientação pedagógica do Professor Doutor José Adelino Maltez

·          O Mestrado, teve como dissertação “Fundamentalismo e Tolerância Político-Religiosa em África (Repercussões nas Relações Externas do Continente Africano)”sob orientação pedagógica do Professor Doutor António de Sousa Lara.

 

3.     Profissionalmente, sou actualmente, Investigador associado do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL), do ISCTE-IUL e CINAMIL (Centro de Investigação da Academia Militar,  Lisboa) e colaborador – a espaços e quando tenho tempo e não remunerado – como colunista e analista de opinião, do semanário Novo Jornal (Angola), e de diversos portais noticiosos (Notícias Lusófonas, Zwela Angola, Perspectiva Lusófona, LusoMonitor, etc.); além disso, sou, oficialmente, “reformado bancário”.

·          Também, colaborei, através de artigos de opinião, com o Jornal Lusófono e com o semanário África (assim como nas revistas África-Hoje e África-Today) ou com as revistas angolanas de informação e cultura Valor Acrescentado e Eventos, tal como com o semanário santomense, Correio da Semana. Por outro lado, alguns dos meus artigos e apontamentos do blogue são, periodicamente, publicados em Agências e Órgãos de informação africanas, onde se destacam os portais angolanos Angola24Horas.com, Club-K e Correio Digital bem como, e a espaços, no AngoNotícias.

·          Adicionalmente, vou prestando colaboração, como comentador, das secções portuguesas das rádios Deutshe Wella (DW) e France Internationale (RFI).

 

4.     Culturalmente, tenho algumas obras publicadas, em meu nome, e outras participadas como segue:

 

·          Ensaios publicados:

     Of the “Na Instrumentality Power” to the “Mahjong Theory” – Theorems and other writings: from blog “Pululu” to the media Words (not) loose (Compilations) (2015), Lambert Academic Publishing, ISBN:978-3-659-76594-0 

·          Angola, Potência Regional em Emergência (2011), Edições Colibri, ISBN 978-989-689-131-2;

·          África, Trajectos Políticos, Religiosos e Culturais (2004), Autonomia 27, ISBN 972-98918-9-3;

·          Fundamentalismo Islâmico: A ideologia e o Estado (2003), Autonomia 27, ISBN 972-98918-5-0;

 

·          Participações: (tudo o que é poesia minha, está publicada sob o pseudónimo Lobitino Almeida Ngola):

·          Antologia de Poesia Contemporânea, Vol. IV «Entre o sono e o sonho»”, (2013), 2 Tomos, antologia poética onde estou incluído com um poema, pp. 171-172, Chiado Editora, ISBN 978-989-51-0290-7;

·          V Antologia de poetas lusófonos” (2013), 3 poemas incluídos, pp. 299-301, Folheto edições & Design, ISBN 978-9898541345;

·          Angola 60-70” (2009) com o poema “Saudades de Angola”, edição iPlay Som e Imagem Lda., p. 13, ISBN 978-989-95900-2-1;

·          II Antologia de poetas lusófonos” (2009), 5 poemas incluídos, pp. 152-156, Folheto Edições & Design, ISBN 978-989-8158-44-4;

 

·          Em publicações de terceiros:

 

·          Prefácio no ensaio “Dicionário de Administração Eleitoral: Organização de Eleições Democráticas, Transparentes e Livres” (2008), de Jorge Castelo David, santomense e funcionário superior das Nações Unidas, edição de Autor, ISBN 978-989-8022-652-000-7

·          Prefácio no ensaio “Alto Hama, crónicas (diz)traídas” (2006) do jornalista angolano-português Orlando Castro, Papiro Editora, ISBN 989-8056-02-9;

 

·          Artigos em Revistas Científicas:

 

·        O Papel da União Africana na Segurança em África: do Mar ;Mediterrâneo ao Cabo” (2016), em, edição Proelium nº 10, edição de Janeiro de 2016, pp. 129-140, ISSN 1645-8826;

           A Comissão do Golfo da Guiné e a Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul: Organizações interzonais para a persecução da segurança marítima na Bacia Meridional Atlântica” (2013), em colaboração com o Doutor-Major Luís Manuel B. Bernardino, Revista Militar, edição de Janeiro de 2013, pp. 23-41, ISSN 0873-7630 ;

·          O difícil processo de definição de fronteiras e pertenças político-identitárias no debate de Cabinda” (no prelo; prevista para 2013) já aprovada e a publicar, em breve, nos Cadernos de Estudos Africanos, revista do CEI-IUL (anteriormente CEA-ISCTE-IUL);

 

5.     Paralelamente tenho dois blogues: um político-social (Pululu: http://pululu.blogspot.com), onde digo e comento tudo o que me vai na alma, e um outro, de espaço cultural, (Malambas: http://malambas.blogspot.com) onde poetas e contistas têm um lugar à disposição e onde também publico alguns temas sob o pseudónimo Lobitino Almeida N’gola bem como uma página-pessoal (http://elcalmeida.net);

 

6.     Socialmente: além de ser, também, associado do Centro de Estudos Africanos, do ISCTE-IUL, sou, igualmente, associado da Sociedade de Geografia de Lisboa, da African Borderlands Research Network (ABORNE) e da Associação dos Cientistas Sociais do Espaço Lusófono (ACSEL). Fui, ainda, vogal de Direcção da Casa de Angola (Lisboa) no período entre Janeiro de 2006 e Dezembro de 2010(?) e presidente da Mesa da Assembleia-geral de uma cooperativa de habitação (Habitanova 2000).

 

 

 

 

Lisboa, 2 de Abril, 2013