Menu Content/Inhalt
Início
Actualizado a:

6 de Junho de 2019
         eXTReMe Tracker
Quem era quem e que temas? PDF  | Imprimir |  E-mail

 

 

O CONGRESSO DOS QUADROS DA LUSOFONIA
por: Eugénio Costa Almeida©

    Tal como foi referido na última edição, vai, finalmente e para contentamento de todos os que nele participaram, apoiaram e, ou, patrocinaram, realizar-se o I Congresso dos Quadros do Espaço Lusófono, sob o lema "Século XXI – Século da Lusofonia".
    De facto é já entre 4 a 8 de Maio, que, organizado pela Liáfrica e sob o alto patrocínio de algumas individualidades institucionais e governamentais, vai ocorrer este Grande Fórum da Lusofonia.
Mas o que versa o referido Congresso.
    Primeiro de tudo, e tal como diz no preâmbulo do programa, juntar, num grande fórum, quadros e estudantes universitários interessados em discutir os problemas técnicos e científicos dos Países que formam o grande grupo linguístico da Lusofonia.
    Em seguida preparar caminhos que levem a uma cordial e profícua discussão que permita facilitar uma troca de conhecimentos técnicos, partilhar projectos e conhecimentos, e a uma projecção internacional dos nossos países Lusófonos neste dealbar do terceiro milénio.
    Por esse facto, durante o Congresso ocorrerão debates cujos os intervenientes, que adiante se referirão, por si só, são sinónimo da elevada qualidade que a organização desejou imprimir a este grande fórum lusófono.
Senão vejamos:
    Os dias 4 e 8 estarão guardados para as duas grandes sessões solenes, a da abertura e a do encerramento.
    No dia 5 de Maio, de manhã, ocorrerão dois debates no feminino: "A Mulher na Sociedade", moderado pela Dra. Maria de Belém Roseira, e onde participarão, entre outros, as Dras. Teresinha Vaz e Paula Osório e o Dr. João Abreu; e "A Mulher e o Poder Político", moderado pela Dra. Maria de Jesus Barroso, intervirão a embaixadora de São Tomé e Príncipe, Dra. Alda de Melo, a cônsul geral de Angola, Dra. Elisabete Simbrão, e as deputadas Dras. Celeste Correia e Natália Carrascalão. À tarde dois grandes debates: ao princípio da tarde moderados pelos Professores Martins Correia e Odete Ferreira teremos o painel "Doenças frequentes nos Trópicos", intervindo, entre outros, os Prof. Lopes Martins e Jorge Torgal e os Drs. Álvaro Pacheco, Maria augusta Borges e Kamal Mansinho; ao fim da tarde no painel "Juventude e Desporto" o Professor Jorge Proença moderará um majestoso painel onde se destacam os Profs. António Sousa Santos, Hermínio Barreto, Mirandela da Costa e Joseph Wilson.
    No dia 6 haverão três grandes painéis a saber
:
    De manhã, a lusofonia será o grande tema "Língua portuguesa e identidade". Moderado pela Professora Inocência Mata, que periodicamente nestas páginas nos contempla com magníficos artigos, participarão os Professores Fernando Cristóvão, Carlos Reis e João Malaca Casteleiro e os Drs. Aldónio Gomes, José Luís Hopffer e Elizabete Vera Cruz.
    Ao princípio da tarde serão debatidos os "Desafios e Oportunidades entre os Países Lusófonos" em dois painéis moderados pela Professora Maria Eduarda Boal e pelo embaixador Eugénio Anacoreta Correia. Nestes painéis participarão o ex-ministro Corsino Tolentino, de Cabo Verde, o director da África Hoje, Albérico Cardoso e os Professores Pedro Lourtie e Fernando Santos Neves.
    No final do dia, aquele que, pela sua génese e denominação, poderá ser o grande debate deste Congresso: "Comunicação Social, A Liberdade de Expressão nos Países Lusófonos". Guilherme Galiano terá a enorme responsabilidade de moderar "monstros" da comunicação como David Borges, Tony Tcheca, Isabel Costa e Aly Silva e o Dr. Ramiro Barreiro, conselheiro de imprensa da Embaixada de Angola e Professora Elisa Couto Rodrigues.
    Tal como nos dias anteriores, também no dia 7 ocorrerão três grandes painéis. Dois debates divididos pela manhã e princípio da tarde, "A Economia no Espaço Lusófono" moderado pelo Eng.º. João Cravinho, com as presenças dos Drs. Moreira Semedo, de Cabo Verde, Vítor Ramalho, deputado, Mário Baptista, da Portucel, e Prudêncio Rita, de São Tomé e Príncipe; e "Democracia, Paz e Direitos Humanos" moderados pelos Drs. Onofre dos Santos e Natália Umbelina, que contará com a presença dos juristas Adriano Malalane, Nélia Dias, Francisca Mascarenhas e Romualda Fernandes, do deputado José Leitão e de Heliana Bibas, em nome da Casa do Brasil.
    No final do dia, e sob a presidência do Reitor da Universidade Lusófona, que acolhe estes Debates, ocorrerá uma Conferência, sob o tema "Educação e Desenvolvimento" e terá como orador o Prof. Manuel Damásio.
    O resultado deste grande Fórum será obtido da grande contribuição que os congressistas e todos aqueles que, com maior ou menor participação, nos fornecerem no final dos Debates.
    É a grande casa Lusófona que está em causa, quer pelo seu patrocínio e quer por aquilo que os seus filhos desejem para ela e por ela.
    O Congresso é um dos muitos meios que existem para a engrandecer. Outros, talvez mais importantes, existem e continuarão a existir e coexistir.
 
 © Publicado no Jornal Lusófono, ed. 30-Abril-2004