Eugénio Costa Almeida

CEA 25 capa

(Caderno de Estudos Africanos, nº 25)

O difícil processo de definição de fronteiras e pertenças político-identitárias no debate de Cabinda

Resumo:
O presente estudo aborda as influências da colonização europeia na grande região da bacia do Zaire, em particular da região que vai da margem norte deste rio até à zona de Ponta Negra, onde, segundo os locais, começa o território efectivo de Cabinda. No estudo abordou-se os diferentes reinos iniciais e o seu espaço territorial e os tratados e acordos que serviram de base para as delimitações fronteiriças do atual Enclave de Cabinda e as reivindicações autonómicas. Analisou-se, ainda que um pouco sinteticamente, a economia de Cabinda e como ela está a ser pouco utilizada na vida social da província angolana.

Palavras-chave: Cabinda, Angola, delimitação de fronteiras, autonomia, pretensões autonómicas

The difficult process of defining boundaries and political-identitarian belongings in the debate of Cabinda

Abstract:
The present study addresses the influence of European colonization in the great basin region of Zaire, in particular, the region extending from the north bank of the river to the area of Point Noire, where, according to the locals get the actual territory of Cabinda. In this study we dealt with the different kingdoms and their initial territorial space and the treaties and agreements that were the basis for the demarcation of the border today Enclave of Cabinda and the demands for autonomy. We analyzed, although somewhat briefly, Cabinda’s economy and how it is being underused in the Angolan province of social life.

Keywords: Cabinda, Angola, delimitation of borders, autonomy, autonomic claims

Cadernos de Estudos Africanos • janeiro-junho de 2013 • 25, 65-93 - 

Para ler o texto integral, pode aceder directamente ao CEA- DOI: https://journals.openedition.org/cea/849  ou  aqui 

Partilhe este artigo
Pin It

Escreva-me

Pesquise no site