Eugénio Costa Almeida
Ataques e conflitos entre milícias e seguranças do antigo vice-presidente Jean-Pierre Bemba e o exército do presidente Joseph Kabila!
Surpresa? só para quem desconhece a realidade democrato-congolesa, tanto em termos políticos como demográficos. Surpresa? Só, talvez, por tão tardia. Infelizmente, nada que já não tivesse sido previsto nestas páginas e em outros blogues como, por exemplo, o Escrita em Dia, do jornalista Carlos Narciso.
Alguém acreditaria que Jean-Pierre Bemba aceitaria, livre e caladamente, a manutenção de Kabila no poder alicerçado em “suportes” externos, principalmente quando alguns desses suportes já o tinham amparado no pré-processo e no pós-processo eleitoral e, também, na formação e modernização do Exército democrata-congolês?
Relembro que os partidários do antigo vice-presidente de Kabila, Bemba, tinham alertado para certas situações anómalas, na região noroeste, verificadas antes, durante e após as eleições. E, tal como em outras vezes, a comunidade internacional limitou-se a afirmar que “no geral” as eleições decorreram normalmente. É mais fácil esconder a cabeça na areia, como as avestruzes. Porque em caso de ataque, podem sentir, mas como não vêem…!
Por isso não surpreende esta situação. Nem que Kabila, mesmo depois de Bemba ter solicitado, via rádio da ONU, que todos os militares e seguranças voltassem aos quartéis e locais de acantonamento, lhe tenha decretado ordem de prisão por “crimes de alta traição à República”. E para ajudar à confusão, Bemba refugiou-se na embaixada da África do Sul. Surpresa? Só para quem está esquecido que a fronteira entre a República Democrática do Congo (RDC) e os seus vizinhos dos Grandes Lagos, se mantém instável? Surpresa?
Só para quem se esqueceu, ou não percebeu, os efeitos que a hipotética e já desmentida invasão angolana à RDC produziria, ou a eventual visita de uma delegação da República Popular da Coreia (Coreia do Norte) à RDC!?

© Publicado no Africamente a 23 de Março de 2007
Partilhe este artigo
Pin It

Escreva-me

Pesquise no site