Eugénio Costa Almeida
Eugénio Costa Almeida reagia, desta forma, ao artigo de opinião do nosso colega jornalista Jorge Eurico intitulado “Inócua e Insípida Comemoração” (https://www.jornalokwanza.com/destaques/inocua-e-insipida-comemoracao/), dado à estampa esta segunda, em alusão aos três anos de governação do País por João Lourenço, assinalados no passado dia 26 de Setembro.
Costa Almeida salientou que mesmo que João Lourenço tenha vontade de fazer alguma coisa, tal só será possível tal só será possível se nas próximas eleições o MPLA levar uma ‘tareia’ tal que, mesmo com maioria absoluta, esta seja o mais curta possível. “Se tal acontecer, João Lourenço, se ainda for o presidente do MPLA, poderá dar o murro na mesa que necessita e avançar com as reformas de que o País tanto precisa”.
Recorde-se que, no dia 26 de Setembro, centenas de angolanos marcharam contra o desemprego em Angola no dia em João Lourenço completou três anos na Presidência. Sob o lema “O Desemprego Marginaliza”, os manifestantes exigiram o cumprimento da promessa eleitoral de João Lourenço de criar 500 mil novos empregos. Liberdade, Justiça e Educação e não só foram outras demandas. Muitos juntaram-se ao protesto ao longo do caminho.

Publicado inicialmente no portal "Jornal O Kwanza", em 29.Setembro.2020 (pode ser lido aqui)
Partilhe este artigo
Pin It

Escreva-me

Pesquise no site